terça-feira, 29 de novembro de 2011

Modelos de vestidos

 

.

Vestido preto básico



Vestido preto básico de jérsei para ocasiões especiais. A parte da saia é plissada: a oportunidade de fazer um modelo destes está quando encontramos o tecido assim nas lojas. Pode ser substituído por pequenas pregas, para que a saia tenha movimento. Acessórios discretos: bolas de mão, cinto fino e sapato [só achei o salto um pouco grande].
 !

Costura para Crianças



.


 

Festa Modesta [à noite]


Muitas moças desejam modelos modestos para ocasiões especiais, como festas de casamento, formatura, solenidades em geral. Pensemos no Natal que se aproxima e no Ano Novo! É o momento onde todas desejam estar bem vestidas – mas também é onde há muita dificuldade para encontrar o traje recatado. Os vestidos de festas – para aluguel e venda – estão repletos de fendas, decotes e são na maioria de alças ou tomara-que-caia. Como o traje fino é geralmente muito caro (até para alugar), tenho certeza de que terá muita vantagem em providenciá-lo na costureira. Para isso, será necessário um pouco de tempo – digamos, pelo menos 1 mês antes da ocasião especial, para que dê tempo de comprar o material, e ir no ateliê de costura.
Sugestões
Conjunto de vestido e bolero, que pode ser feito de seda ou crepe de seda, por exemplo, que têm excelente caimento, com um toque macio. Podem ser encontrados também na versão com brilho. O detalhe especial fica por conta das aplicações de pedras, que são compradas em armarinhos. O bolero deve ser fechado com um colchete de encaixe. Para produções simples e discretas.
***

O vestido de mangas longas mistura dois padrões de tecido:o que compõe o “corpo” do vestido pode ser feito de cetim brilhante ou tafetá; o outro é levinho e bastante maleável para os detalhes: mangas, babados na gola, barra do vestido e “falso” bolero. Use chifom ou musselina, por ex. Um vestido criativo, que pode também suprimir o bolero e trazer um cinto do mesmo tecido fechando com um laço delicado.
***

Vestido longo de chiffom de seda com casaquinho trabalhado com aplique. O casaco pode ser feito com duplo tecido, para evitar tal transparência; note também que a parte de cima do vestido é feita com uma estampa brilhosa. O corte favorece muito quem usa tamanhos maiores.
***

Saia longa que pode ser feita de zibeline ou tafetá, e blusa de mangas do mesmo tecido, que é encontrado plissado em algumas lojas de tecidos finos [o decote do modelo esta muito baixo, proteja mais o colo]. O tom é levemente diferente nas duas peças; e é fundamental que o cinto que marca o modelo seja feito do mesmo material, forrado. Elegante e contemporâneo.
***
Este conjunto de vestido e casaco com corte de blazer ficou interessante por conta da mistura de padronagem dos tecidos, em tons muito próximos. Podem ser variações de chifom ou georgete, bem forrados. Detalhe: o broche que “fecha” o blazer.
***

O conjunto é feito de tafetá. O vestido deve ser menos decotado, para proteger o colo. Note as pregas na parte da saia. Deve ser feito pelo menos 1 palmo abaixo dos joelhos, mas também pode ser feito longo. Para fechar, use colchetes de encaixe e coloque uma bela aplicação, como no modelo.
***

O destaque deste é o casaquinho, muito delicado! Pode ser feito de chiffom, com aplicações de pedras. O vestido pode ser feito de crepe de seda, georgete ou cetim.
***

Desta vez, o casaquinho de chifom tem corte reto, lembrando um cardigã. Note o pequeno aplique, funcionando como um broche. A mistura de tons ficou ótima!
***
Este longo pode ser feito de chifom forrado, musseline ou georgette. É um modelo básico, mas muito elegante, com pedrinhas decorando o casaco. Novamente, só precisa de um pequeno ajuste no tamanho do decote, que está baixo.
Boa Festa para você, com modéstia!

Meus álbuns no Picasa


Talvez muitas já conheçam meus álbuns no Picasa [não o Picasa Teus Vestidos] onde coloco o excesso de fotos do meu computador, no meio das minhas pesquisas para o blog. Algumas fotos vão para lá porque eu realmente não tenho tempo de postá-las todas aqui – com comentários, indicações de tecidos, etc. Outras são arquivadas por não estarem no padrão ideal: ou a qualidade da foto é ruim, ou não está tão modesto como eu gostaria. Não há nada lá muito fora do padrão, mas de qualquer forma eu prefiro arquivar apenas como uma ideia interessante de visual.
Aqui, trago alguns destaques destes álbuns, que podem ser mais uma gama de opções para você que deseja se vestir com modéstia, e gostaria de ter acesso a mais opções – para além de todo o esforço do blog,  e muitos outros sites que trazem sugestões de roupas dignas. Eu atualizo este Picasa de vez em quando, então… fique de olho nas novidades!

DESTAQUES

Moda Feminina: Peças Inspiradoras

Vestido de Renda Forrado: parte do forro interno é preto para dar este contraste. O forro pode ser feito de malha. É claro que o comprimento dele deve ser feito com modéstia: pelo menos 1 palmo abaixo dos joelhos. Serve como uma ideia para um vestido de verão.
Saia godê longa com cinto de tecido: você pode usar challis, algodão, malha de algodão.

Moda Feminina para o Dia-a-dia

Vestido longo de chiffom de seda forrado: proteja mais o colo.
Lindo twin-set com saia de pregas, com detalhe para barra de cetim.

Vestidos

Este vestido azul é inspirado na década de 50, e pode ser feito de chiffom, musselina ou tecidos semelhantes estampadinhos, desde que bem forrados.
Vestido de algodão simples, de mangas longas e pregas na saia. Pode fazê-lo de tricoline com strech, linho tingido.

Desenhos de Roupas e Ideias

Lindo conjunto de saia e blazer de lã.
Ideias de saias, cores e estampas!

Nobreza

Conjunto de saia de chiffom de seda e blazer, usado pela Princesa Mary, da Dinamarca.
E há ainda muitos álbuns: noivas, adereços, blusas…

Vestido Maxi de Primavera


Este vestido é da coleção 2011 da Dolce e Gabbana – Spring. Pode ser feito de Chifom de Seda, que vai lhe dar este balanço – mas deve ser forrado ou usado com combinação, para favorecer a modéstia. Um lindo vestido para a primavera: aproveite esta época para garimpar as lojas de tecido em busca de padronagens delicadas de flores.
Abaixo, o modelo de outro vestido da mesma coleção [muito parecido, exceto pelas mangas que são maiores], onde você pode observar melhor os detalhes:
Fiquem com Deus!

Três visuais básicos para moças


Salve Maria!
Eis três exemplos de como as jovens moças podem se vestir com modéstia, de forma simples e bonita! Estes visuais são fáceis de serem copiados, e podem lhe dar outras ideias… vamos à eles!
#1

Este vestido midi de bolinhas é um clássico! Muito simples, ele é rodado, franzido na cintura, tem cinto forrado do mesmo tecido e decote alto. Pode ser feito de viscose, rayon, chiffom e tecidos que tenham caimento bom. Você pode pensar em outras estampas, até mais claras, na hora de encomendar o seu na costureira. Está confortável e modesto, além de ser um modelo gracioso e leve para as mais novas… Os sapatos que a moça está usando combinaram muito bem. Servirá para os passeios e para a Santa Missa!
#2

A saia modesta e rodada ganhou um ar jovem por conta da estampa rosa de bolinhas brancas: a escolha de um simples tecido pode transformar um modelo que antes parecia “sério” demais. Batas, blusas delicadas ou suéter [como na foto] são opções para variar com uma saia como esta. Você pode usar os mesmos tecidos indicados para o vestido anterior.
#3

Um vestido fresco e estampado de verão: botões no busto e cinto de tecido, marcando a cintura. Para mim está muito rente nos joelhos, e as mangas também podiam ser um pouco maiores. Mas o modelo está mesmo lindo! O vestido é de algodão, como cambraia.
Gostaram? Espero que sim!
A Paz!

Vestido Modesto Básico

!
Este é um modelo básico de vestido que servirá para te dar uma boa ideia acerca de um próximo modelo versátil que deseje fazer. À primeira vista, pode-nos parecer um pouco sem graça, mas devemos prestar atenção: 1) na forma: isto é, nas características, e ver como ele poderia ficar gracioso se estampado, por exemplo; 2) nas combinações: as muitas possibilidades de combinar acessórios com uma peça como esta.
Como modelo, pode ser feito em praticamente todos os tipos de tecidos: algodão, linho, viscose, sintéticos… este é de lã. Características: Decote alto, mangas até os cotovelos e saia evasê. Pode levar um zíper invisível nas costas ou na lateral.
Eu imagino um modelo básico como este, numa padronagem de bolinhas brancas com fundo azul, usado com um cinto fino: eis uma sugestão para você! Também penso em flores miúdas amarelas com fundo branco, feito em viscose (que é um tecido leve) para enfrentar os dias quentes de verão… E por que não fazê-lo de chiffom de seda, com um cinto grosso feito do próprio tecido, que termine num laço médio na cintura? Como vê, pode-se criar muitos vestidos “diferentes” tendo este como molde.
Há também vantagens em fazê-lo tão básico como na foto: combine com acessórios diversos e mude a cara da peça! Quem trabalha fora, por exemplo, pode preferir um modelo mais discreto, em cores neutras. Abaixo, dois sets que mostram bem como tirar proveito disso:
Echarpes estampados caem bem: outra possibilidade é amarrar este mesmo acessório na cintura, como um cinto. Abaixo, uma arrumação para noite, tendo como destaque o colar e o cinto: facilmente se percebe como a peça ganhou um tom clássico.
Modelo para levar e copiar na costureira:
 

Modelo de vestido azul [com botões na frente]

Este modelo de vestido está muito prático, só tem de pôr umas mangas nele – estas, não dão para nada! Mas posto sobretudo para as mães que querem modelos que facilitem na hora de amamentar [eu, por exemplo... :) rs].


Este modelo é muito versátil, e fica bem em muitos tecidos. O da foto me parece ser uma malha mais encorpada, mas você pode pensar também em algodão [como cambraia, chalis, tricoline] ou linho. Note o zíper invisível na lateral: é uma opção.
Costas:
Detalhe: na minha opinião, este busto deveria ter uns 2 botões a mais.
Uma de minhas possibilidades para quando o neném nascer!
O “cinto” é uma espécie de elástico que vende em armarinhos… eu faria de tecido mesmo, pois não gosto de nada que me aperte. Essas pregas do vestido são um detalhe a mais!
Fiquem com Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário